27 de novembro de 2014

Presentes Legais

Tem um site de vendas na Holanda chamado Fonq que tem um monte de coisas de legal. Foi de lá que veio meu presente de aniversário que meu marido me deu este ano, um bule para fazer, servir e manter o chá quente por até 1 hora, mas o mesmo tempo deixá-lo esfriar um pouco para ficar agradável de tomar. Agora no Natal eu gostaria de poder comprar algumas coisas de cozinha por lá... 
Eu nunca fui para Londres, mas pela internet já vi que as lojas de coisas mais legais para casa são de lá. Dá uma olhada nestas opções e veja se não dá para ficar louco!

Olha esse fouet!!! Quem estiver viajando e quiser me dar, pode dar, viu?!

Anthropologie


Xícaras medidoras, nunca são demais, né Ju?

Anthrpologie

Giz de cera com formas diferente para as crianças

Anthropologie



Que tal este submarino para fazer seu chá? Não é muito fofo??

Fonq
Uma chaleira linda...

Fonq



O bule que eu ganhei..

Fonq

E tem muito mais!

18 de novembro de 2014

Educação Nutricional: Dicas Para As Crianças Que Não Comem

Não posso reclamar, minha filha come bem. Muito bem! É interessada em comer, talvez tenha puxado à mãe? Talvez eu tenha acertado na educação nutricional dela? Acho que um pouco é dela mesmo, de sua personalidade e um pouco é mérito meu, nem que seja por ter conseguido explorar uma característica que já era dela. 

6 meses
Quando eu estava terminando o mestrado comecei a dar aulas de nutrição em um curso técnico. A matéria? Educação nutricional ! Além de ser nutricionista, ainda dei aula no assunto. Assim, desde a primeira frutinha que a Clarice comeu já me preocupei em fazer certo. E é assim que deve ser, se seu filho ainda não come, fique atenta a orientação nutricional já começa na primeira fruta - na verdade já começa na amamentação, mas isso é assunto para um outro post.

Mas, qualquer idade é tempo de mudar. Se você identifica erros na alimentação do seu filho, não perca tempo comece agora. Nossa saúde reflete o que a gente come e nada é tão importante quanto a nossa saúde, não é? E tem mais, se você percebe que os problemas de alimentação do seu filho são problemas de toda a família, nada de fazer mudanças para ele, toda a família tem que mudar. As crianças só aprendem com exemplo!

Dicas para seu filho se alimentar bem:


1- Desde a primeira papinha, ele deve sempre comer sentado em seu cadeirão, sem TV ligada, músicas ou celular e tablet. É importante que a criança tenha um cadeirão próprio para o tamanho dela, assim ela se sente mais confortável e apta fisicamente a comer sozinha. 

2- Incentiva seu filho a comer sozinho desde sempre. Desde a primeira frutinha o bebê vai ficar curioso com o instrumento que você usa para alimentá-lo. Deixe ele segurar uma colher, deixe ele tentar pegar. No começo ele come com a colher dele e você complementa com a sua, logo ele será capaz de comer sozinho. Com um ano a Clarice já comia algumas coisas sozinhas e foi evoluindo, como 2 já comia tudo. Isso cria uma boa relação da criança com a comida. Deixe que ele coloque a mão, perceba temperaturas e texturas. Tudo isso é um novo universo que ele deseja explorar e quanto mais explora mais gosta. Não se preocupe com a sujeira que irá fazer na roupa dele e no chão, que eu te garanto será bem grande, pense no objetivo final, que é o mais importante: seu filho comer bem.

3- É importante que a criança, mesmo quando ainda bebê, se sente a mesa com os adultos. Coloque o cadeirão na mesa, faça as refeições junto. Mesmo que toda família precise almoçar um pouco mais cedo ou jantar um pouco mais cedo. Lembre-se, as crianças aprendem por imitação. Não tem ninguém comendo comigo, por que eu vou comer? O jantar aqui em casa mudou das 19:30 para as 18:00-18:30, nem sempre o pai consegue estar presente, mas eu janto com ela, para ela não comer sozinha. Acho que isso faz uma grande diferença. A Clarice ama quando estamos na casa da minha mãe durante a semana e na hora do almoço tem uma mesa cheia de gente comendo com ela.

4- As papinhas devem ser amassadas e não batidas. Elas precisam ter texturas, no início bem suave e com o tempo mais marcantes, mesmo que seja a textura macia de uma batata cozida. Quando perceber que seu filho come bem alimentos amassados apresente alguns alimentos inteiros, como a batata que é bem macia. E assim vá evoluindo sempre. Isso desenvolve sua capacidade de mastigação e o prepara para comer bem.

5- Seja rigorosa com os horários e o que se deve comer em cada horário. Se seu filho não come bem as refeições, pense bem no que ele anda comendo antes dela. Os lanches intermediários devem ser compostos de frutas, iogurtes e até pães, se o intervalo for maior. Uma criança que belisca nunca vai estar com fome na hora das refeições. Uma criança que come doces, bolachas ou coisas mais pesadas no lanche, não terá fome durante as refeições. Criança sem fome é um verdadeiro stress durante as refeições. 

6- Não dê suco, dê água! Criança deve ter água sempre à mão. Sucos naturais devem ser oferecidos como um lanche da tarde ou da manhã, pontualmente, e não deixados a vontade. Sucos de néctar devem ser evitados ao extremo. O que hidrata e não interfere na fome é a famosa e velha água! Sucos são ricos em açúcar e além de fazer mal em excesso, tiram a fome de qualquer um.

7- Ofereça o mesmo alimento várias vezes. Se você deu abobrinha e ele não gostou, não incorpore isso como verdade. Ofereça de novo, em formas de preparo diferentes, coloque no prato, incentive-o a experimentar. Mas, nada de stress, sem brigas e cobranças. Finja que não sabe o que ele gosta ou não e sempre pergunte se ele quer, você vai se surpreender. Também use a estratégia de colocar o que ele recusa junto com o que ele gosta. Por exemplo, ele não gosta de espinafre, mas adora macarrão, faça um molho de macarrão com um pouco de espinafre. A Clarice não gosta muito de espinafre nem de cenoura, eu fiz um suflê de espinafre com cenoura e beterraba e ela adorou!

8- Deixe a criança ajudar um pouco na cozinha, nem que seja colocar a fatia de queijo sobre o pão. Eles gostam, ficam orgulhosos do que fizeram e comem melhor. Sempre que vou preparar um legume que a Clarice não gosta chamo ela para ajudar em alguma etapa, isso incentiva muito ela a comer aquilo. 

9- Procure dar a melhor alimentação possível 90% do tempo e relaxe 10%. Faça o seu melhor no dia dia, procure dar alimentos saudáveis nas refeições, frutas nos lanches, muita água. Um dia ou outro, no final de semana, que seu filho comer batata frita, doces e tal, deixe ele, não fique dizendo que aquilo é ruim, que engorda. Existe os dois extremos, filhos que só comem porcaria e outros que comem só saudável, mas no dia que pisam fora sofrem com esses comentários dos pais, assim não há prazer e cria-se uma relação negativa com a comida. É claro, que quanto mais tarde ele conhecer o universo de doces e porcarias melhor, jamais incentive.

10- Não comeu a comida? Não ganha compensações. A criança não almoça bem, dali 10 minutos pede uma bolacha, um pão, qualquer coisa. Se isso for uma raridade, tudo bem, pode acontecer, mas com frequência não. Se seu filho fizer isso sempre, guarde o prato de comida que ele não comeu, está com fome? Esquenta o prato. Não quer comida? Não ganha bolacha! A criança aprende que depois do almoço ela pode ganhar algo mais gostoso (e menos nutritivo!) e começa a comer menos comida pensando do que ela vai ganhar depois. Não entre neste jogo!

 Os horários das refeições devem ser calmos, divertidos e prazerosos. Não converse sobre problemas, não use o momento para dar uma bronca. Fale de coisas positivas, incentive seu filho a comer bem sem brigar, sem criar uma atmosfera ruim. Este é um momento de prazer 

Espero que essas dicas ajudem!  No começo parece trabalhoso, mas logo seu filho aprende a comer e tudo fica bem mais fácil!

beijos


30 de outubro de 2014

Bolachas de Suspiro Recheadas

Publicidade

Eu só conhecia suspiro branco de padaria, bem doce, bem sem graça. Minha temporada na Europa mudou meu ponto de vista e me apresentou para um novo mundo. A grande diversidade do suspiro. Minha primeira paixão foi as Pavlovas (veja a receita aqui), que infelizmente não dá para vender, por que deve ser montada na hora. E depois não parei mais de testar receitas, experimentar. Cada dia me surpreendo mais!



O suspiro é um doce leve, feito apenas de claras de ovo e açúcar, que não precisar ser exagerada. Com farinha de amêndoas e um recheio se transforma no famoso macaron, com farinha de avelãs e recheio de Nutella se transforma na melhor bolacha recheada que já comi! Saborosa, intensa e ao mesmo tempo leve.

A Laura Doces está vendendo estas delícias em lindas caixas para você presentear você mesmo, ou alguém querido! Encomende já o seu!

Beijos, beijos,
Lau

28 de outubro de 2014

Novo Vídeo: Molho Branco

Finalmente saiu mais um vídeo! Fazer o vídeo é um pouco trabalhoso, mas o que impede mesmo de eu colocar vídeos com mais frequência é a parte de edição. Tenho mil idéias e formatos de vídeos legais, mas não sei como fazer!! Alguém aí tem prática, algum programa para me indicar? Heeelllp!

Ouço com bastante frequência as pessoas dizendo que é difícil fazer molho branco com farinha, que empelota. Eu acho super tranquilo, faço toda semana. Este que fiz para o vídeo virou um suflê de legumes que postei no Instagram (segue lá, @laurabicas).

Foto do Instagram @laurabicas


Veja o vídeo e descubra como é super fácil fazer este molho tão versátil! Para a receita escrita, olha minha página de Medidas e Receitas Bases

video



Quais vídeos vocês tem mais interesse? Coisas básicas ou mais complicadas?
beijos, Lau

20 de outubro de 2014

Aniversário da Anita, Meu lado Decoradora



Para quem não sabe, além de nutricionista também sou designer de interiores. Trabalhei 2 anos com decoração, mas tive que largar tudo quando me mudei para Minas Gerais. Não reclamo, foi uma ótima experiência, foi assim que me joguei nas panelas e descobri o maravilhoso mundo de cozinhar. Mas, é bom estar de volta e poder decorar de novo. Desta vez o trabalho decorativo não foi uma casa ou loja, foi uma festa. Lembro quando fui fazer o primeiro aniversário da Clarice. Minhas referências eram todas de festas americanas e europeias, que possuem um estilo mais simples de festa, valorização do feito em casa, papelaria e menos artigos de luxo. Fiquei perdida por que pouca gente faz festa assim no Brasil. Pedi um orçamento para Babi Pirajá que faz coisas lindas (olha o Instagram e o facebook dela!) e no orçamento tinha bandeirola. O que? O que é bandeirola, perguntei! Depois de 2 chás de bebês e 3 aniversários já sei bem o que é bandeirola. Me apaixonei por este tipo de decoração, de scrap, tudo personalizado, colorido, estampado. Me encanta fazer! Assim, além dos doces, também estou fazendo papelaria personalizada para festas, pode ser de criança, casamento, batizado, chá de bebê.



Neste post vou mostrar o trabalho que fiz para festa da minha sobrinha, Anita. Junto com minha irmã, fiz a parte de desenvolvimento do tema escolhido. Praticamente toda a papelaria foi feita por mim, só a bandeira de trás da mesa pedi para Michaela Artesanato fazer, pois fiquei com medo de não dar tempo de fazer toda a papelaria mais os bolos, mais os cupcakes, com a Clarice em fase de adaptação na escola. Agora que a Clarice se adaptou e simplesmente ama a escola, tenho tempo para fazer tudo que quiser, oba!

Se preparem, que vem muitas fotos por aí!

A ENTRADA DA FESTA






A MESA - Para a mesa do bolo eu fiz 3 bolos, 2 tipos de cupcakes e algumas tags variadas entre Anita, 1 e vários tipos de girafas. Ainda teve o delicioso brigadeiro da Tia Nina Brigadeiros e vários doces deliciosos vindo diretamente de Varginha, terra do pai da aniversariante.






























OS BOLOS






A MESA AUXILIAR - Esta mesa serviu para apoiar as garrafinhas de suco, pratos, garfinhos, guardanapos. Para esta mesa foram feitos os leques de papel.




OS VASINHOS - Cada mesa tinha uma vasinho de vidro diferente, todos reaproveitados. Para estes vasinhos foram feitas 4 tipos diferentes de tag.





Como o banheiro era meio escondido, fiz também uma lousa indicando o caminho...



Para as lembranças foram girafas de pelúcia com a tag no pescoço: Adote uma Girafa (esqueci de fotografar) e os deliciosos Bem-Vividos da Rita de São João.



Esqueci de tirar fotos de outros detalhes da decoração, como o varal de pompons de seda, a jabuticabeira cheia de lanternas japonesas e as bexigas de gás amarradas nas cadeiras dos convidados e na saída da escada.

E por último, nós... felizes, não só por que a festa ficou como imaginamos, mas por conseguir reunir pessoas queridas de vários cantos do Brasil para comemorar a coisa mais importante do mundo, a vida! 


Beijos, Lau

22 de setembro de 2014

Torta de Abobrinha com Ervas e Massa de Quinoa



Não sou a favor de dietas de exclusão, já disso isso aqui no blog algumas vezes. A não ser por uma real necessidade, como diabéticos, celíacos. Mas, a moda da dieta sem do glúten tem seu lado bom: ao invés de exclusão, a inclusão! Não tiro os alimentos com glúten, mas incluo na minha dieta os sem glúten. Isso não é o máximo?

Fiquei apaixonada por esta torta de massa de 3 farinhas sem glúten: amaranto, quinoa e arroz. O que predomina é o sabor da quinoa, que eu amo. Como o sabor é mais marcante que o de uma torta tradicional, não acho que ficaria bom com tudo. Mas, com este recheio achei que combinou muito bem. Fiquei apaixonada, roubando as beradinhas da torta...hmmm.... Só neste mês já fiz 3 vezes rsrsrsr. Deu para perceber que eu gostei, né?

Me desculpem repetir a fonte, mas esta receita também vem do livro da Torta 2 Mousses, o La Tartine Gourmande. O livro é super lindo, as receitas dão certo, ele mescla receitas saudáveis com sobremesas deliciosas, ou seja, um verdadeiro paraíso! Neste final de semana vou testar um salmão com molho de cenoura e depois conto se ficou bom, ok?

Na massa sem glúten, é usado a goma xantana para dar liga nas farinhas. Fiz com e sem a goma. Até deu certo sem a goma, mas ao partir fatias da torta a massa se quebrava toda. Ficou boa igual, mas um pouco mais difícil para abrir e depois de pronta, para servir.



Outro fato importante desta torta é a qualidade da sua ricota. Se a ricota for boa ela fica delicada e faz parte do conjunto, mas com ricota ruim... ela domina a torta e estraga. A melhor ricota para mim é a da Roni, insuperável. Ela é saborosa, molhadinha, cremosa e vem sem sal. Eu prefiro colocar o sal à gosto. Ficou tão melhor quando usei esta ricota que agora só vou gastar minha preciosa farinha de quinoa se eu tiver uma Roni em casa. Uma dica é que se a sua ricota for daquele tipo muito seco, coloque 2-3 colheres de creme de leite nela antes de temperar. 

Eu fiz minha massa na batedeira, mas você pode fazer na mão ou no processador se preferir.

Torta de Abobrinha com Ervas e Massa de Quinoa
um tiquinho adaptado do La Tartine Gourmande

Massa de Arroz, Quinoa e Amaranto

O preparo deve ser feito com 1 hora de antecedência ou até um dia antes.
Rendimento: 1 forma de 28cm ou 6 forminhas de 10cm

1/2 xícara de farinha de arroz 
1/2 xícara de farinha de quinoa
1/2 xícara farinha de amaranto
1 1/2 colher de chá de goma xantana
1/2 colher de chá de sal
7 colheres de sopa ou 100g manteigam gelada picada em pedaços
1 ovo
1 colheres de sopa de água gelada

1- Coloque as farinhas, a goma xantana e o sal na tigela da batedeira com o acessório de pá e mexa até misturar. Adicione a manteiga e mexa na velocidade média até formar uma farofa grossa. Adicione o ovo e misture de novo. Adicione a água aos poucos. Na batedeira deixe até a massa formar uma bola, na mão misture bem até estar tudo bem incorporado. Forme uma bola, embrulhe com filme plástico e deixe na geladeira por pelo menos 1 hora. 
Se fizer a massa no dia anterior, tire-a  da geladeira 30 minutos antes de usar.
2- Abra a massa em um círculo maior do que o diâmetro da sua forma. Arrume a massa na forma e com a ajuda de uma garfo fure-a toda. Coloque um papel manteiga ou alumínio por cima, jogue feijões crus dentro da torta para fazer peso e leve ao forno (180oC) por 15 minutos. Retire o papel e os pesos e reserve.

O Recheio

1 xícara de ricota
1/2 colher de sopa de manjericão fresco picado
1/2 colher de sopa de tominho fresco picado
1 colher de sopa de salsinha fresca picada
Raspas da casca de 1 limão
1 colher de sopa de azeite
Sal, pimenta e noz moscada a gosto
1 abobrinha fatiada bem fininha
1 punhado de queijo de sua preferência - já fiz com mussarela, parmesão e acho que com queijo de cabra ficaria perfeito!

1-  Misture a ricota com as ervas e as raspas de limão. Coloque um pouco de sal e pimenta se desejar.
2- Misture o azeite com um pouco de sal e pimenta. Com um pincel, espalhe o azeite na massa da torta. Coloque por cima a ricota, rale sobre ela um pouco de noz moscada, e sobre a ricota arrume as fatias de abobrinha. Finalize com o queijo escolhido, um pouquinho de sal e um fio de azeite ( você reparou que a gente colocou sal na massa, na ricota, na abobrinha, então cuidado para não pesar a mão).
3- Asse por 40 minutos, tire a torta do forno, deixe esfriar 5 minutos antes de fatiar e sirva.

Espero que gostem!
Beijos, Lau


9 de setembro de 2014

Bolo Mousse, Campinas e Encomendas




Oi gente, tudo bem?
Eu estava morrendo de saudades de escrever no blog. Como sinto falta dele quando fico muito tempo sumida! Ando completamente consumida pelos afazeres do dia a dia e um novo projeto. Não sei cadê as 24 horas que eu tenho direito, parece que meu dia tem 18, 20 horas. Se bem que quando olho para tudo que consegui fazer e não tudo que deixei de fazer, começo a achar que meu dia na verdade tem umas 30 horas!

O importante é tenho conseguido cozinhar bastante e ando comendo muito bem ultimamente. Muita comida caseira, muita comida saudável gostosa , muitas novidades açucaradas, tudo bem do jeito que eu gosto. E isso me deixa super feliz!

Também estou em uma fase bem nova da minha vida. Primeiro mudei de volta para Campinas, cidade que eu morei por 11 anos, depois de ter passado 4 anos em Minas e quase 1 na Holanda. A segunda novidade é que estou fazendo bolos por encomenda. Estou fazendo uma seleção dos meus favoritos e divulgando no meu site www.lauradoces.com. Sou super exigente com ingredientes que uso aqui em casa, não só pelo sabor que eles conferem, mas também por que me preocupo muito com minha saúde. E esta exigência com certeza também está presente em tudo que eu estou vendendo ! Para saber mais acessem meu site de venda ou mandem um email para laurabicas@gmail.com. 



Este bolo mousse era um desejo já há um certo tempo. Vi esta receita quando morava na Holanda, mas não tinha ferramentas para executá-lo. Guardei minha vontade e assim que me mudei para minha nova casa o preparei na primeira semana. Gostei tanto da novidade que agora fiquei meio viciada na ideia preparar bolos mousses. Pensa bem, eu amo bolo e amo mousse e amo mais ainda quando surge essas receitas que juntam tudo.O resultado é um bolo bem saboroso e leve, um verdadeiro vício. Me fez lembrar e desejar profundamente aquele bolo mousse de morango que fiz para o aniversário de 6 meses da Clarice, lembram?

Bom, mas vamos ao que interessa, a receita desta gostosura! E para quem interessar, este bolo é livre de glúten.


Bolo Dois Mousses
Um pouquinho adaptado do maravilhoso e apaixonante livro, La Tartine Gourmande

Utensílios utilizados: tigelas diversas, xícaras e colheres medidoras, panela, panela para banho maria, forma para bolo de 20cm, aro de inox de 18cm, batedeira, espátulas e fouet.

Para o bolo

1 1/2 colher de sopa de manteiga 
70g de chocolate meio amargo
3 ovos
2 colheres de sopa de açúcar mascavo
1 colher de sopa de açúcar refinado
1/2 colher de chá de extrato de baunilha
1 pitada de sal
1 colher de sopa de amido de milho
cacau em pó para untar a forma

Para o mousse de chocolate 

1 folha de gelatina incolor ou 1/2 colher de chá de gelatina em pó
125g de chocolate meio amargo
1/4 de xícara de leite
3/4 de xícara de creme de leite fresco

Para o mousse de chocolate branco

1/4 de xícara de leite
6 cardamomos esmagados
1 fava de baunilha 
1 folha de gelatina incolor ou 1/2 colher de chá de gelatina em pó
125g de chocolate branco
180ml de creme de leite gelado

Modo de preparo
Bolo

1- Ligue o forno em 180C. Unte uma forma de 20cm de diâmetro e coloque um papel manteiga no fundo dela;
2- Derreta o chocolate com a manteiga em banho maria e reserve;
3- Separe as gemas das claras, junte uma pitada de sal as claras e bata em ponto de neve, reserve; Bata as gemas com açúcar até a mistura ficar leve e clara, então coloque a baunilha e o chocolate derretido. Coloque o chocolate bem as poucos para que sei calor não cozinhe as gemas;
4- Delicadamente misture as claras em neve na mistura com as gemas, coloque o amido de milho e misture gentilmente. Despeje na forma e leve ao forno por 12 minutos. Espere esfriar, desenforme e reserve.



Modo de preparo

Mousse chocolate

1- Coloque a gelatina em uma tigela e cubra com água fria, deixe por 5- 10 minutos. Retire a gelatina da água, e com seus dedos tire o excesso de água dela. Reserve;
2- Derreta o chocolate em banho maria, transfira para outra tigela e reserve. Aqueça o leite só até senti-lo quente ao colocar o dedo. Retire o leite do fogo e coloque nele a folha de gelatina, mexa até a gelatina ficar totalmente dissolvida. Coloque o leite no chocolate derretido e mexa bem rápido até que tudo fique bem misturado. Deixe descansar por 5 minutos;
3-Bata o creme de leite até ele ficar em ponto de chantilly e o misture delicadamente ao chocolate com leite e gelatina.

4- Com um aro de 18 cm, corte seu bolo e o coloque dentro do aro. Coloque um plástico ou acetato envolta do aro. Se você não tiver o aro dá para usar uma forma com fundo falso e laterais altas.
5- Coloque o mousse de chocolate dentro do aro, por cima do bolo e leve para geladeira.
6- Prepare seu mousse branco agora

Mousse de Chocolate Branco

1- Aqueça o leite com as sementes da fava de baunilha e as sementes de cardamomo, retire do calor, feche e deixe em infusão por 30 minutos;
2- Coloque a gelatina em uma tigela e cubra com água fria, deixe por 5- 10 minutos. Retire a gelatina da água, e com seus dedos tire o excesso de água dela. Reserve;
3- Derreta o chocolate em banho maria, transfira para outra tigela e reserve. Coe o leite e aqueça novamente só até senti-lo quente ao colocar o dedo. Retire o leite do fogo e coloque nele a folha de gelatina, mexa até a gelatina ficar totalmente dissolvida. Coloque o leite no chocolate derretido e mexa bem rápido até que tudo fique bem misturado. Deixe descansar por 5 minutos;
Bata o creme de leite até ele ficar em ponto de chantilly e o misture delicadamente ao chocolate com leite e gelatina.

4- Coloque o mousse de chocolate branco sobre o outro mousse e deixe na geladeira por pelo menos 3 horas. 

Polvilhe bastante cacau por cima do mousse branco, desenforme e sirva!

Sei que é um pouco trabalhoso, mas achei que valeu a pena!
Bon Apetit, Lau


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...