16 de dezembro de 2014

Salada Especial Para As Festas




Gente, eu adoro salada. Alface, limão, azeite e sal já é uma ótima saladona para mim. Acho que por isso não costumo procurar receitas de saladas diferentes, fico feliz com pouco. Mas, toda vez que vou para casa da minha sogra a minha cunhada antenadíssima, Taci, sempre faz uma salada diferente. A maioria leva ingredientes que eu jamais comeria em uma salada, e só de ler a receita não faria, mas ela faz, eu experimento (claro, sempre!) e simplesmente amo! Assim, comecei a mudar meu ponto de vista. Agora posso dizer que gosto de salada com qualquer coisa, desde que a combinação sugerida fique boa. Abri meus horizontes!!




Pedi que a Taci me enviasse uma receita, dentre as várias que ela faz, para eu fazer e dividir com vocês. Fiz este final de semana, a salada ficou deliciosa e chique, ótima opção para servir agora nas festas de final de ano! (Para acompanhar a leitoa, não se esqueçam da fabulosa salada de couve que eu publiquei em 2012 - vejam a receita AQUI)

Taci, obrigada por mudar meu mundo das saladas, e pode encher minha caixa de email com mais receitas!

Salada de Folhas, Figos e Etc


Folhas diversas - Alface e rúcula, é a combinação sugerida pela receita. No dia que eu fiz usei, alface, broto de agrião, radicchio e endívias.
4 figos roxos sem casca, cortados ao meio.
2 fatias de pão de forma, branco ou integral
4 fatias de bacon
Lascas de queijo de cabra ou queijo parmesão
Um punhado de nozes
mel
azeite
sal

1- Corte as fatias de pão de forma em quadradinhos, arrume-as em uma forma e disponha as tiras de bacon por cima. Coloque os figos cortados em outra forma untada com um pouco de azeite. Leve-os ao forno médio, até os figos ficarem macios e o pão e o bacon crocantes. O pão precisa ser virado uma vez, se o seu forno não tiver resistência em cima. Nesta hora, tire o bacon e disponha diretamente na forma para ficarem crocantes, quando crocantes, quebre-os em pedacinhos.
2- Monte a salada, colocando as folhas, os figos, os bacons, o pão crocante, as lascas de queijo e as nozes por cima,
3- Tempere com um fio de mel, azeite e um pouco de sal moído na hora. 

Todo mundo repetiu tanto a salada que depois mal conseguimos comer o almoço!

Boas Festas para todos!
Até o ano que vem!
Lau




6 de dezembro de 2014

Doce de Natal: Suspiro de Menta com Chocolate



Claras de ovos, açúcar e ar = suspiro! Não é o máximo que apenas estes ingredientes nos proporciona uma infinidade de possibilidades? Um doce que não leva gordura e nem farinha e derrete na boca. Viciante! 

Fiquei apaixonada com estas bengalas de Natal, simples de fazer e super no clima, né? Simpático para servir para as crianças e para visitas nesta época do ano. A dificuldade é a umidade, o dia que eu fiz estava quente e úmido, então tinha que tirar o suspiro do forno, esperar só um pouco para eles secarem e colocar correndo em um saquinho plástico.



Até gosto deles puros, acho que ficam mais bonitos, mas como são de mentas, não resisto a combinação de menta com chocolate e como tinha uma farinha de avelã dando sopa, finalizei a combinação com chave de ouro!



Suspiro de Menta e Chocolate


Utensílios utilizados: 2 formas grandes, papel manteiga, saco de confeitar, bico de confeitar modelo estrela aberta, xícaras medidoras, colheres medidoras.

3 claras de ovos
1/8 de colher de chá de creme tártaro
3/4 de xícara de açúcar de confeiteiro
3/4 de colher de chá de essência natural de menta

corante em gel se desejar

1- Bata as claras com o creme tártaro na velocidade alta da batedeira até atingir pontos firmes. Abaixe a velocidade para média e adicione o açúcar, uma colher de sopa por vez. Raspe a tigela para incorporar açúcares que possam ter ficado grudado nas laterais. Volte a bater na velocidade alta até ficar firme e brilhante.
2- Ligue o forno na temperatura mais baixa. Forre 2 formas com papel manteiga. Pegue um saco de confeitar e um bico de estrela aberta. Se for usar o corante, pegue um pincel e pinte o bico de confeitar com o corante. Coloque o bico no saco.
3-  Coloque o suspiro no saco de confeitar e coloque o suspiro na forma confeitando em formato de bengalas. 
4- Coloque as formas na grade superior do seu forno. Se ele tiver temperatura de 100C pode assar com a porta fechada. Se for um forno a gás comum, coloque na temperatura mais baixa e na hora de fechar a porta do forno coloque uma faca ou uma colher de pau para que o forno não feche completamente. Deixe assando por cerca de 1 hora e meia. Mas, fique atento, isso pode variar de cada forno. O ideal é que o suspiro fique bem branco e crocante, mas no forno a gás ele costuma ficar dourado, tudo bem. 
5- Retire do forno e deixe esfriar completamente. Retire do papel manteiga delicadamente para não quebrar e guarde em pote bem fechado por até uma semana.

Se quiser passar no chocolate, derreta 200g de chocolate ao leite ou meio amargo - depende do seu gosto - em banho maria e delicadamente mergulhe as bengalas dentro. Coloque as bengalas em um papel manteiga e leve para a geladeira por 5 minutos. 
Achei esta etapa um pouco difícil por que os suspiros são muito delicados e alguns quebraram no processo. 

Espero que tenham um Natal beeem doce!
beijos, Lau

2 de dezembro de 2014

Suflê Super Colorido



Adorei fazer este suflê. Ele é de fácil execução, fica lindo e minha filha comeu legumes que em geral ela não gosta. Fiz tamanhos maiores para eu comer no jantar com salada e tamanho menores para minha filha levar de acompanhamento no almoço da escola. Também achei uma preparação legal de se fazer junto com as crianças: faça os purês, prepare todos os ingredientes e chame a criançada para ajudar a mexer. As cores são lindas e deixam a brincadeira super divertida, além de saudável e cheia de vitaminas!




Suflê Colorido
Inspirado na receita do livro Apples for Jam

200g de cenoura - cerca de 2 cenouras
200g de beterraba - cerca de 2 beterrabas pequenas
80g de espinafre - uma maço pequeno

2 ovos

80g de queijo de sua preferência ralado - já usei mussarela e parmesão misturado e já usei queijo prato, ambos ficaram bons.

Molho Branco - veja o vídeo de como se faz molho branco

330ml de leite
1 colher de sopa de farinha
15g de manteiga

sal e noz moscada a gosto


1-Colocar a manteiga em uma panela e derreter. Juntar a farinha e misturar com um fouet ou misturador de arame. Esta mistura se chama roux.
2-Retirar do fogo e juntar um pouco do leite mexendo sempre;
3-Voltar para o fogo, acrescentar o restante do leite e mexer até ferver. Baixar o fogo e deixar por 10 minutos;
4- Colocar sal e noz moscada a gosto.
5- Reserve.

Suflê

Pré-aqueça seu forno em 180C

1- Cozinhe as cenouras, as beterrabas e as folhas de espinafre separadamente. Faça um purê com cada um. 
2- Distribua o molho branco entre os 3 purês. Mexa
3- Distribua o queijo ralado entre os 3 purês. Mexa. Acerte o sal e outros temperos que desejar, como noz moscada e pimenta moída.
4- Em uma tigela bata 2 ovos com um garfo. Tempere com um pouco de sal e noz moscada e distribua entre as 3 tigelas.
5- Separe potinhos de louça e unte-os com manteiga. Distribua os purês entre os potinhos. Primeiro coloque um dedo de camada do purê de cenoura, depois um pouco menos de 1 dedo do purê de espinafre e por último 1 dedo do purê de beterraba.
6- Ferva 1 litro de água, coloque os potinhos em uma forma e coloque na forma a água quente, ela deve atingir pelo menos metade da altura dos potinhos.
7- Leve ao forno e deixe assar por 45 minutos. Deixe esfriar e desenforme passando a faca na lateral da potinhos e virando-os sobre o prato.

Delícia Nutritiva!
beijos, Lau

27 de novembro de 2014

Presentes Legais

Tem um site de vendas na Holanda chamado Fonq que tem um monte de coisas de legal. Foi de lá que veio meu presente de aniversário que meu marido me deu este ano, um bule para fazer, servir e manter o chá quente por até 1 hora, mas o mesmo tempo deixá-lo esfriar um pouco para ficar agradável de tomar. Agora no Natal eu gostaria de poder comprar algumas coisas de cozinha por lá... 
Eu nunca fui para Londres, mas pela internet já vi que as lojas de coisas mais legais para casa são de lá. Dá uma olhada nestas opções e veja se não dá para ficar louco!

Olha esse fouet!!! Quem estiver viajando e quiser me dar, pode dar, viu?!

Anthropologie


Xícaras medidoras, nunca são demais, né Ju?

Anthrpologie

Giz de cera com formas diferente para as crianças

Anthropologie



Que tal este submarino para fazer seu chá? Não é muito fofo??

Fonq
Uma chaleira linda...

Fonq



O bule que eu ganhei..

Fonq

E tem muito mais!

18 de novembro de 2014

Educação Nutricional: Dicas Para As Crianças Que Não Comem

Não posso reclamar, minha filha come bem. Muito bem! É interessada em comer, talvez tenha puxado à mãe? Talvez eu tenha acertado na educação nutricional dela? Acho que um pouco é dela mesmo, de sua personalidade e um pouco é mérito meu, nem que seja por ter conseguido explorar uma característica que já era dela. 

6 meses
Quando eu estava terminando o mestrado comecei a dar aulas de nutrição em um curso técnico. A matéria? Educação nutricional ! Além de ser nutricionista, ainda dei aula no assunto. Assim, desde a primeira frutinha que a Clarice comeu já me preocupei em fazer certo. E é assim que deve ser, se seu filho ainda não come, fique atenta a orientação nutricional já começa na primeira fruta - na verdade já começa na amamentação, mas isso é assunto para um outro post.

Mas, qualquer idade é tempo de mudar. Se você identifica erros na alimentação do seu filho, não perca tempo comece agora. Nossa saúde reflete o que a gente come e nada é tão importante quanto a nossa saúde, não é? E tem mais, se você percebe que os problemas de alimentação do seu filho são problemas de toda a família, nada de fazer mudanças para ele, toda a família tem que mudar. As crianças só aprendem com exemplo!

Dicas para seu filho se alimentar bem:


1- Desde a primeira papinha, ele deve sempre comer sentado em seu cadeirão, sem TV ligada, músicas ou celular e tablet. É importante que a criança tenha um cadeirão próprio para o tamanho dela, assim ela se sente mais confortável e apta fisicamente a comer sozinha. 

2- Incentiva seu filho a comer sozinho desde sempre. Desde a primeira frutinha o bebê vai ficar curioso com o instrumento que você usa para alimentá-lo. Deixe ele segurar uma colher, deixe ele tentar pegar. No começo ele come com a colher dele e você complementa com a sua, logo ele será capaz de comer sozinho. Com um ano a Clarice já comia algumas coisas sozinhas e foi evoluindo, como 2 já comia tudo. Isso cria uma boa relação da criança com a comida. Deixe que ele coloque a mão, perceba temperaturas e texturas. Tudo isso é um novo universo que ele deseja explorar e quanto mais explora mais gosta. Não se preocupe com a sujeira que irá fazer na roupa dele e no chão, que eu te garanto será bem grande, pense no objetivo final, que é o mais importante: seu filho comer bem.

3- É importante que a criança, mesmo quando ainda bebê, se sente a mesa com os adultos. Coloque o cadeirão na mesa, faça as refeições junto. Mesmo que toda família precise almoçar um pouco mais cedo ou jantar um pouco mais cedo. Lembre-se, as crianças aprendem por imitação. Não tem ninguém comendo comigo, por que eu vou comer? O jantar aqui em casa mudou das 19:30 para as 18:00-18:30, nem sempre o pai consegue estar presente, mas eu janto com ela, para ela não comer sozinha. Acho que isso faz uma grande diferença. A Clarice ama quando estamos na casa da minha mãe durante a semana e na hora do almoço tem uma mesa cheia de gente comendo com ela.

4- As papinhas devem ser amassadas e não batidas. Elas precisam ter texturas, no início bem suave e com o tempo mais marcantes, mesmo que seja a textura macia de uma batata cozida. Quando perceber que seu filho come bem alimentos amassados apresente alguns alimentos inteiros, como a batata que é bem macia. E assim vá evoluindo sempre. Isso desenvolve sua capacidade de mastigação e o prepara para comer bem.

5- Seja rigorosa com os horários e o que se deve comer em cada horário. Se seu filho não come bem as refeições, pense bem no que ele anda comendo antes dela. Os lanches intermediários devem ser compostos de frutas, iogurtes e até pães, se o intervalo for maior. Uma criança que belisca nunca vai estar com fome na hora das refeições. Uma criança que come doces, bolachas ou coisas mais pesadas no lanche, não terá fome durante as refeições. Criança sem fome é um verdadeiro stress durante as refeições. 

6- Não dê suco, dê água! Criança deve ter água sempre à mão. Sucos naturais devem ser oferecidos como um lanche da tarde ou da manhã, pontualmente, e não deixados a vontade. Sucos de néctar devem ser evitados ao extremo. O que hidrata e não interfere na fome é a famosa e velha água! Sucos são ricos em açúcar e além de fazer mal em excesso, tiram a fome de qualquer um.

7- Ofereça o mesmo alimento várias vezes. Se você deu abobrinha e ele não gostou, não incorpore isso como verdade. Ofereça de novo, em formas de preparo diferentes, coloque no prato, incentive-o a experimentar. Mas, nada de stress, sem brigas e cobranças. Finja que não sabe o que ele gosta ou não e sempre pergunte se ele quer, você vai se surpreender. Também use a estratégia de colocar o que ele recusa junto com o que ele gosta. Por exemplo, ele não gosta de espinafre, mas adora macarrão, faça um molho de macarrão com um pouco de espinafre. A Clarice não gosta muito de espinafre nem de cenoura, eu fiz um suflê de espinafre com cenoura e beterraba e ela adorou!

8- Deixe a criança ajudar um pouco na cozinha, nem que seja colocar a fatia de queijo sobre o pão. Eles gostam, ficam orgulhosos do que fizeram e comem melhor. Sempre que vou preparar um legume que a Clarice não gosta chamo ela para ajudar em alguma etapa, isso incentiva muito ela a comer aquilo. 

9- Procure dar a melhor alimentação possível 90% do tempo e relaxe 10%. Faça o seu melhor no dia dia, procure dar alimentos saudáveis nas refeições, frutas nos lanches, muita água. Um dia ou outro, no final de semana, que seu filho comer batata frita, doces e tal, deixe ele, não fique dizendo que aquilo é ruim, que engorda. Existe os dois extremos, filhos que só comem porcaria e outros que comem só saudável, mas no dia que pisam fora sofrem com esses comentários dos pais, assim não há prazer e cria-se uma relação negativa com a comida. É claro, que quanto mais tarde ele conhecer o universo de doces e porcarias melhor, jamais incentive.

10- Não comeu a comida? Não ganha compensações. A criança não almoça bem, dali 10 minutos pede uma bolacha, um pão, qualquer coisa. Se isso for uma raridade, tudo bem, pode acontecer, mas com frequência não. Se seu filho fizer isso sempre, guarde o prato de comida que ele não comeu, está com fome? Esquenta o prato. Não quer comida? Não ganha bolacha! A criança aprende que depois do almoço ela pode ganhar algo mais gostoso (e menos nutritivo!) e começa a comer menos comida pensando do que ela vai ganhar depois. Não entre neste jogo!

 Os horários das refeições devem ser calmos, divertidos e prazerosos. Não converse sobre problemas, não use o momento para dar uma bronca. Fale de coisas positivas, incentive seu filho a comer bem sem brigar, sem criar uma atmosfera ruim. Este é um momento de prazer 

Espero que essas dicas ajudem!  No começo parece trabalhoso, mas logo seu filho aprende a comer e tudo fica bem mais fácil!

beijos


30 de outubro de 2014

Bolachas de Suspiro Recheadas

Publicidade

Eu só conhecia suspiro branco de padaria, bem doce, bem sem graça. Minha temporada na Europa mudou meu ponto de vista e me apresentou para um novo mundo. A grande diversidade do suspiro. Minha primeira paixão foi as Pavlovas (veja a receita aqui), que infelizmente não dá para vender, por que deve ser montada na hora. E depois não parei mais de testar receitas, experimentar. Cada dia me surpreendo mais!



O suspiro é um doce leve, feito apenas de claras de ovo e açúcar, que não precisar ser exagerada. Com farinha de amêndoas e um recheio se transforma no famoso macaron, com farinha de avelãs e recheio de Nutella se transforma na melhor bolacha recheada que já comi! Saborosa, intensa e ao mesmo tempo leve.

A Laura Doces está vendendo estas delícias em lindas caixas para você presentear você mesmo, ou alguém querido! Encomende já o seu!

Beijos, beijos,
Lau

28 de outubro de 2014

Novo Vídeo: Molho Branco

Finalmente saiu mais um vídeo! Fazer o vídeo é um pouco trabalhoso, mas o que impede mesmo de eu colocar vídeos com mais frequência é a parte de edição. Tenho mil idéias e formatos de vídeos legais, mas não sei como fazer!! Alguém aí tem prática, algum programa para me indicar? Heeelllp!

Ouço com bastante frequência as pessoas dizendo que é difícil fazer molho branco com farinha, que empelota. Eu acho super tranquilo, faço toda semana. Este que fiz para o vídeo virou um suflê de legumes que postei no Instagram (segue lá, @laurabicas).

Foto do Instagram @laurabicas


Veja o vídeo e descubra como é super fácil fazer este molho tão versátil! Para a receita escrita, olha minha página de Medidas e Receitas Bases

video



Quais vídeos vocês tem mais interesse? Coisas básicas ou mais complicadas?
beijos, Lau
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...