27 de julho de 2015

Salada com Batata Quente e Azeite de Manjericão



Adoro comer saladas com prato principal. Mas, neste caso ela tem que ser mais completa, ter uma fonte de carboidrato e de proteína. Também sinto falta de algo quente, então quando planejo uma salada para ser o jantar, procuro adicionar algum alimento quente nela. Funciona muito bem para mim, a salada fica mais "confort food", combinando até com o inverno. 

O elemento quente desta salada foi a batata bolinha, cozinha e temperado com azeite de manjericão. Mas, não vale ter uma salada preferida (alface, tomate e cenoura, por ex.) e fazer tudo com ela. Para ficar gostosa e interessante a salada tem que variar, estimular os sentidos, sem monotonia na cozinha minha gente! 



Salada com Batata Quente e Azeite de Manjericão

Para 2 pessoas:

500g batatas bolinha
alface - usei alface comum, todos funcionam
radicchio cortado fino
1/2 cebola roxa ou branca, cortada em rodelas bem finas
1 cenoura em tiras finas
2 rabanetes em rodelas finas
2 ovos cozido
limão ou vinagre balsâmico, de acordo com a preferência
sal

Azeite de Manjericão

1/2 dente de alho
2 colheres de sopa de folhas de manjericão 
sal
2 -3 colheres de sopa de azeite
pimenta moída na hora

1- Comece cortando a cebola e deixe ela de molho em água fria até a salada toda ficar pronta. Isso deixa a cebola um pouco mais suave.
2- Lave bem as batatas com casca com uma bucha própria para alimentos. Coloque-as para cozinhar na panela de pressão por 10 minutos, ou se preferir em panela comum até ficarem macias.
3- Coloque o ovo para cozinhar também.
4- Corte o radicchio em fatias finas, coloque pouco na sua salada, ele dá sabor e cor, mas é muito amargo por isso sugiro usar com moderação. Corte o rabanete e as cenouras.
7- Para o azeite: Pique bem pequeno o manjericão e o alho, junte com bastante azeite e sal. A batata está sendo cozida sem sal, então pode caprichar no sal aqui.
6- Monte sua salada usando o alface, radicchio, rabanete, cenoura e cebola, tempere com um pouco de sal e limão. 
8- Corte as batatas no meio e coloque no azeite de manjericão. Veja se o sal ficou bom com as batatas.
9- Coloque as batatas no meio da salada, finalize com o ovo e regue com o azeite de manjericão que sobrou. 


19 de julho de 2015

Vídeo You Tube: Panquecas Americanas

Passei praticamente duas semanas viajando. De volta em casa, no meu primeiro café da manhã preparei panquecas de quinoa e limão. Amo panquecas! As que preparo com mais frequência são as panquecas americanas, pois são super simples de fazer e incrivelmente deliciosas. E foi esta receita que mostrei no meu último vídeo para o YouTube, já viram? 


Beijos, beijos e boa semana para todos!

3 de julho de 2015

Risoto de Lula e Abobrinha



Não acredito que ainda não coloquei esta receita aqui! ! No sábado resolvi fazer este risoto que adoro e fui procurar a receita no blog, tinha certeza que tinha! Sorte que ainda tinha a receita original de um caderno da Casa Cláudia antigo. 

A receita é simples, fica super saborosa e tem um toque diferente dos pratos que faço no dia a dia. Minha pequena gulosa ama frutos do mar e também aprovou o risoto! As lulas foram bem disputadas por aqui :)



De regra geral eu não compro caldo de carne, de frango ou de legumes. Sempre faço em casa, ou na falta deles, uso água salgada com azeite. Simplesmente não gosto muito destes caldos. Mas, para este risoto abri uma exceção, pois achei que sem o caldo de peixe o sabor ficaria prejudicado e eu não queria fazer um caldo de peixe caseiro. Usei então, o de tablete mesmo. 

A receita também pedia uma colher de sopa de coentro picado e pimenta calabresa em flocos. Como não gosto de nenhum deles, não utilizei, mas fiquem á vontade!


Risoto de Lula e Abobrinha
Revista Casa Cláudia Caderno de Receitas

1/2 xícara de azeite
1 cebola média picada
2 dentes de alho amassados
2 abobrinhas pequenas cortadas em meio círculo (corte ela ao meio no comprimento e depois em rodelas)
300g de anéis de lula
2 xícaras de arroz do tipo arbóreo
1/3 de xícara de vinho branco seco
8 xícaras de caldo de peixe fervente
2 colheres de sopa de salsinha picada

1- Em uma panela, coloque metade do azeite e refogue a cebola e o alho até a cebola ficar macia, junte a lula e refogue até ficar cozida. Junte a abobrinha e refogue uns 3 minutos. Retire da panela e reserve.
2- Na mesma panela, coloque o azeite restante e refogue o arroz por cerca de 1 minuto. Junte o vinho e mexa até ele evaporar. Comece acrescentando o caldo de peixe, uma concha por vez e mexendo sem parar. Faça isso por cerca de 15-20 minutos, ou até seu arroz estiver cozido. 
3- Coloque as lulas com abobrinha no arroz, junte a salsinha e tampe. Deixe descansar por um minuto.

Na hora de servir coloque um fio de azeite por cima do arroz já no prato.

Espero que também gostem!
Beijos e bom final de semana!

Lau

1 de julho de 2015

Vídeo: Cappuccino



Neste friozinho nada melhor que uma xícara quase borbulhante de cappuccino adoçado com mel. Mas, nada de comprar os prontos no supermercado! Fazer em casa é super simples e ainda dá para dar um toque pessoal, acrescentando canela, mais chocolate, ou o que mais você gostar. 

Além disso é uma ótima ideia de presente. Eu adoro presentear as pessoas com cookies, bolos... acho gostoso e super pessoal. O cappuccino fica ótimo para presente e você ainda pode fazer uma embalagem bem fofa usando tecido na tampa de uma vidro. 

A receita já está no blog há um tempão e ainda é bem presente na minha vida! 

Confiram o vídeo!!!








beijos, Lau

24 de junho de 2015

Torta de Goiabada da Avó Tina, Minha Preferida!



Essa torta é pura lembrança de infância. Me sinto na casa da minha avó, comendo esta torta pela copa, enquanto procuro um copo de água. Minha avó mora no centro da cidade e sempre foi um lugar de passagem para mim. Passava por lá, para tomar água, café, falar um oi. E sempre tinha, e continua tendo, algo gostoso em cima da mesa. 




A torta de goiabada sempre foi minha preferida. Faz tempo que minha avó não prepara. Acho que ela tem mais xodó com a torta de banana, que vira e mexe aparece em sua geladeira. Resolvi então tentar. As vezes é difícil reproduzir algo que minha avó faz, apesar dela sempre usar receitas, todas escritas, o tamanho da xícara pode mudar dependendo da receita, truques não escritos sempre aparecem no meio da execução e isso dificulta as coisas. 




Mas, para minha feliz surpresa, esta torta é simples, muito simples de fazer, e ficou sim, com o sabor e as memórias da casa da minha avó.

Torta de Goiabada da Avó Tina


300g de farinha (2 xícaras)
150 g de manteiga em cubos
2 colheres de sopa de açúcar
1 colher de sobremesa de fermento químico
1 ovo
raspas da casca de 1 limão

goiabada mole para rechear

Rende: 1 forma de 25cm de diâmetro com 2,5cm de altura ou 5 tortinhas de 10cm por 1,5cm

Ligue seu forno em 210oC

1- Misture todos os ingredientes da massa até obter uma massa homogênea. Arrume a massa na forma, e deixe um pouco de massa para fazer as tiras na cobertura. 
2- Coloque sua goiabada diretamente na massa cru. 
3- Faça tiras com a massa que sobrou e coloque sobre a goiabada, enfeitando. 
4- Leve sua torta para assar, no forno pré-aquecido, 30 minutos para as tortinhas pequenas, cerca de 40-50 minutos para a grande, ou até sua massa ficar dourada. 

E você? Qual receita te traz boas lembranças?

Beijos, Lau


19 de junho de 2015

Vídeo: Como Fazer Ovo Poché



Este modo de preparo de ovo é com certeza meu favorito. Como na torrada no café da manhã, com salada e cuscuz marroquino no almoço, na sopa...Acho que ovo combina em qualquer lugar! Fazer ovo poché tem fama de ser difícil, mas na verdade é bem simples, só tem alguns truques. Não deixe de assistir o vídeo para conferir! Beijos e bom final de semana! Lau



11 de junho de 2015

Pão Meia Lua Para Um Café Da Manhã Bem Lindo!



Fazer pão é realmente um prazer, difícil até de explicar. Algo meio ancestral em pegar farinha e outros poucos ingredientes e transformá-la na refeição da família. 

Faço aquele de forma integral que já postei a receita (veja aqui) toda semana, variando apenas as coberturas: sementes de girassol, aveia, gergelim... Outro que tem entrado para minha lista de queridinhos, é este pão Meia Lua. 



Esta receita de pão Meia Lua, é fácil de fazer, fica lindo e gostoso. O sabor do pão é bem suave, nada doce ou salgada, perfeito para comer com Nutella, geléia, já até fiz recheada. E a textura é bem fofa e leve. Além disso, congela super bem, assim sempre posso ter algo no freezer para salvar meu café da manhã ou da tarde. Para isso gosto de deixar fora da geladeira até descongelar e depois aquecer um pouco no forno. Se não der tempo, descongelo no microondas, mas ainda assim aqueço um pouco no forno para não ficar borrachudo. Parece feito na hora!

Para ajudar os iniciantes em panificação, fiz um passo a passo de fotos. 

Foto 01 - Ativar fermento



Foto 02 - Crescimento da massa



Foto 03 - Abrir e cortar a massa


Foto 04 - Moldando seu pão


Foto 05 - Pincelar 







Pão Meia Lua
Do livro Apples for Jam, de Tessa Kiros

100ml de leite morno
100ml de água morna
2 colheres de chá de fermento biológico seco
1 colher de chá de mel
400g de farinha de trigo
1/2 colher de chá de sal
40g de manteiga derretida

1- Coloque o leite, a água, o mel e o fermento em uma tigela e deixe cerca de 10 minutos, ou até surgir uma espuma na superfície (foto 01);
2- Coloque a farinha e o sal em uma tigela maior, acrescente o líquido com o fermento e a manteiga derretida. Mexa bem e sobe por 10 minutos. Cubra a tigela e deixe sua massa crescer por 1 hora até 2 horas no máximo. O tempo depende da temperatura ambiente e o ponto é quando ela dobrar de tamanho (foto 02);
3- Coloque farinha em uma superfície, achate sua bola e divida em 2. Abra cada metade formando um círculo como se fosse uma pizza. Corte 8 pedaços, como se fossem pedaços de pizza e assim você terá 8 triângulos (foto 03). Faça o mesmo com a outra metade. Enrole o triangulo para formar a meia lua (foto 04);
4- Pegue duas formas, coloque papel manteiga e passe manteiga nele. Coloque 8 pães em cada forma. Cubra com um pano e deixe descansar mais 30-45 minutos. Pré-aqueça o forno 15 minutos 180C;
5- Passe gema em cima de cada pão e finalize como quiser pode ser gergelim, papoula (foto 05). Leve uma forma de cada vez ao forno por 15 minutos, ou até estarem dourados.

Se for congelar, espere esfriar completamente.

Espero que tenham gostado do passo a passo. 
Não deixem de fazer, fica muito gostoso!
beijos, Lau


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...